20 TROPIXEL

  • Boteco Tropixel: abre quando tem cliente. Em algum canto da internet simultânea. Usualmente no canal tropixelbr do jitsi (sem link aqui pra não atrair robotos).
  • Construindo alternativas: programação Tropixel em 2020 (ver abaixo)

Um palhaço provocou:

“Acho que devemos a essa altura produzir protocolos de ação comum e não apenas conversas sugestivas.
A falta de consequência política sempre foi nosso ponto fraco.
Sete anos depois, não estamos mais nas mesmas condições. Muitos […] estamos em posições institucionais que podem servir coletivamente para propugnar as estratégias coletivamente consensuadas.”

Tropixel Nós, programação colaborativa distribuída.

  • Datas: Julho 2020
  • Onde: conjunto de plataformas online, o mais livres e seguras possível
  • Eixos/sessões (colhidas no boteco, telegrama, no ar)
    • Nós institucionais. Onde estamos? Oportunidades de cooperação formal/institucional hoje e no futuro.
    • Quem o quê? O que estamos fazendo? apresentações curtas, pôr os papos em dia.
    • Autonomias. Produção de energia, comida, habitação, comunicação, mobilidade. Manutenção, consertos, transformações. Alternativas para saúde, educação. Articulação biorregional.
    • Memória. Permacultura digital (registro de conversa da Produtora Cultural Colaborativa aqui). Como administrar nossos acervos? O que queremos manter, resguardar, esquecer?

Outros temas colhidos no boteco: educação a distância; brujas (e cosmovisões não monoteístas, e macumba); Economia solidária, criptomoedas, correncias complementares e design de autonomercados; nossos lugares.

Por onde começa a reconstrução?

Há sete anos, Tropixel tentou contribuir com as conversas sobre “futuro”. Em Ubatuba, e por extensão no Brasil - de atrasos e saltos, de riquezas e miséria. De contradição.

Daqueles planos, nada deu certo. Seguiu-se um abismo, cujo fundo ainda não chegou. E quando chegar?

Convidando todo mundo que se importa. Em 2023 uma década haverá passado desde aquelas conversas. Onde estaremos?

Vamos conversar por telegramas?

Mais